MENU

Jovem diz ter sido vítima de violência sexual dentro de vagão do Metrô

Jovem diz ter sido vítima de violência sexual dentro de vagão do Metrô

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 3:07

Uma supervisora de vendas de 26 anos diz que foi vítima de violência sexual dentro de um vagão da Linha 2-Verde do Metrô no dia 19 de abril, de acordo com boletim de ocorrência registrado no 78º Distrito Policial, nos Jardins. Ela seguia no sentido Vila Madalena quando teria ocorrido a agressão, entre as estações Paraíso e Brigadeiro. O Metrô diz não ter registrado nenhuma ocorrência contra “a dignidade sexual de usuário” na data.   A vítima relatou na delegacia que o vagão estava cheio e um homem se aproximou. Ele a segurou pelo braço, disse para a mulher ficar quieta e ameaçou machucar o rosto dela. Ainda segundo o boletim, o criminoso colocou uma das mãos embaixo da saia da jovem e a violentou. Outros passageiros perceberam e intervieram, mas não conseguiram segurar o homem, que fugiu.

A jovem ficou com algumas escoriações no rosto e foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington para atendimento. O caso acabou registrado como estupro no 78º Distrito Policial e encaminhado para a Delegacia do Metropolitano (Delpom), que cuida de ocorrências dentro do Metrô e em suas imediações, segundo a Secretaria da Segurança Pública.

Em nota, a companhia afirma que “nenhuma ocorrência que tenha atentado contra a dignidade sexual de usuário do Metrô foi registrada no sistema metroviário no dia 19 de abril de 2011”. Segundo a nota, a investigação do caso que teve o boletim lavrado no 78º DP “está a cargo da autoridade policial”. “O Metrô recomenda que qualquer comportamento inadequado percebido pelos passageiros seja imediatamente comunicado a um funcionário do Metrô para as providências cabíveis”, completa a nota.

veja também