MENU

Jovem que abandonou bebê no interior diz que agiu por desespero

Jovem que abandonou bebê no interior diz que agiu por desespero

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 8:17

A jovem de 18 anos que abandonou sua filha recém-nascida na porta da casa em que mora em Araras, no interior de São Paulo, disse que não sabia que estava grávida e que agiu por desespero. A mãe dela encontrou e socorreu a criança sem saber que se tratava de sua neta.

Durante a madrugada de sábado (27), a mulher ouviu o choro de uma criança. Ao verificar o que estava acontecendo ela encontrou a recém-nascida no chão sem nenhuma proteção, suja de grama e terra. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou o bebê para o Hospital São Luiz.

Na ocasião, Géssica Marques, que depois foi identificada como mãe da criança, deu entrevista condenando a atitude da mulher que abandona o filho recém-nascido. “Para mãe ela não serve, essa nem é a palavra correta de se usar para ela. Porque uma pessoa que faz isso não tem índole, ética”, disse ela no sábado.Após a resolução do caso, ela não quis mais gravar entrevista. Disse apenas que não sabia da gravidez. A guarda temporária da criança foi concedida para a avó.

O caso está sendo acompanhado pela promotoria da Infância e Juventude. “O juiz concedeu a graúda provisória para a avó por 180 dias para que venha estudar o caso, averiguar a situação da Géssica, para fazer toda uma avaliação para que ela possa retornar com a criança”, explicou a conselheira tutelar Kátia Regina Albertini.

A mãe do bebê vai responder por abandono de incapaz.    

veja também