Jovem que teria sido queimado por PMs segue internado na Grande SP

Jovem que teria sido queimado por PMs segue internado na Grande SP

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 8:20

                                    O jovem de 24 anos suspeito de furto que teve fogo ateado em seu corpo nesta terça-feira (11) permanece internado no Hospital Municipal de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, mas não corre risco de morte. Ele sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no pescoço, barriga e nos braços. Seis policiais suspeitos de terem ateado fogo na vítima foram presos.

De acordo com a polícia, os policiais foram até uma casa em construção investigar uma denúncia de tentativa de furto na madrugada de terça. Eles encontraram o jovem, que contou que os policiais jogaram álcool em seu corpo e depois atearam fogo. O chão do local ficou queimado. Depois, os próprios policiais levaram o rapaz para o hospital.

Os seis policiais receberam voz de prisão e foram encaminhados ao Presídio Militar Romão Gomes. Segundo o capitão Luiz Antônio Rosa, porta-voz da PM, "há indícios suficientes para o auto de prisão em flagrante".          

veja também