Jovens orientam banhistas a manter a praia limpa em Porto de Galinhas

Jovens orientam banhistas a manter a praia limpa em Porto de Galinhas

Atualizado: Quinta-feira, 5 Novembro de 2009 as 12

A praia de Porto de Galinhas (PE) foi tomada por uma novidade: uma brigada em defesa da natureza.

Cerca de 30 jovens da região foram treinados para orientar os turistas e banhistas para que eles deixem a praia limpa. A Campanha Viva Porto começou na segunda-feira, dia 2, e vai até o dia 31 de janeiro.

Aproximadamente 550 mil sacos plásticos biodegradáveis serão distribuídos para a coleta de lixo. Além disso, 120 lixeiras estão disponibilizadas.

Para as crianças, um adereço exclusivo foi confeccionado: uma pulseira colorida para ajudar na identificação e localização da meninada. "Na pulseirinha a gente coloca o nome da criança e o telefone do responsável. No caso de ela se perder alguém vai ver que ela tem uma pulseirinha com o telefone", explicou a voluntária Jéssica Chalaça.

"A população já está colaborando, já está se conscientizando. A gente, com certeza, vai ter para nós, nossos filhos e netos, uma praia viva, uma praia limpa, linda e preservada", disse o vice-prefeito de Ipojuca, Dudu Alves.

A partir desta quarta-feira, dia 4, o número de pessoas que atravessam para os corais deve ser limitado. "Serão formados grupos de 30 pessoas que vão poder passar 40 minutos em cima das piscinas naturais. O percurso também está sendo limitando. Há piscinas onde as pessoas podem tomar banho, e outras onde poderão só fotografar", explicou o secretário de Meio Ambiente de Ipojuca, Erivelto Lacerda.

As jangadas também terão lotação limitada e viagens restritas. Cada jangadeiro só poderá fazer dois passeios por dia, levando no máximo seis turistas de cada vez.

veja também