MENU

Justiça apreende bolsas de loja de grife em São Paulo

Justiça apreende bolsas de loja de grife em São Paulo

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 12:55

A Justiça determinou a apreensão de bolsas consideradas imitação de modelos da grife internacional Hermès na Village 284, loja de luxo situada em São Paulo e criada pela dona da Daslu, Eliana Tranchesi. Um oficial de justiça cumpriu a decisão no dia 23, mas a informação foi divulgada apenas na quarta-feira (30) pelo Tribunal de Justiça.

Cabe recurso para a decisão. A equipe de reportagem do G1 entrou em contato na manhã desta quinta-feira com o escritório da advogada de Tranchesi, Joyce Roysen, mas ela não foi localizada.

Em janeiro, uma decisão havia impedido a Village de comercializar o produto, que faz parte de uma linha chamada “I’m not the original” (“Eu não sou o original”, em inglês). A decisão foi dada pelo juiz João Omar Marçura.

Ele argumentou que a “existência no mercado de réplica de sua prestigiada bolsa, diferenciada apenas pelo material de confecção empregado, por certo poderá trazer danos à Hermès, causando confusão entre os produtos postos no comércio e prejudicando a reputação desta”.

Segundo o TJ, a Village descumpriu a decisão e, por isso, foi determinada a busca. A apreensão não se limitou a cópias de um modelo específico, mas de qualquer outro produto similar aos da Hermès.      

veja também