MENU

Justiça decreta prisão de suspeito de agredir skinhead durante briga

Justiça decreta prisão de suspeito de agredir skinhead durante briga

Atualizado: Sexta-feira, 23 Setembro de 2011 as 8:33

A Justiça decretou nesta quinta-feira (22) a prisão temporária do suspeito de agredir o jovem Fábio dos Santos Medeiros durante uma briga entre punks e skinheads ocorrida em agosto em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. Medeiros, que é skinhead, foi atingido por pauladas na cabeça. No confronto, o punk Johni Raoni Falcão Galanciak, de 25 anos, foi morto.

O suspeito de agredir Medeiros está foragido. Segundo a polícia, ele foi reconhecido por cinco testemunhas.

Esta semana, a Polícia Civil indiciou o skinhead preso por suspeita de envolvimento na morte de Galanciak. O jovem de 19 anos teve a prisão temporária decretada no dia 9 de setembro. Na noite desta segunda-feira (19), após o indiciamento, ele foi levado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP) para um presídio na capital paulista.   Segundo a polícia, o suspeito pela morte de Johni foi amigo dele e pertence a um grupo de skinheads de Osasco, na Grande São Paulo. Ele era punk e virou neonazista, de acordo com as investigações. Em depoimento após a prisão, ele confirmou estar no local da briga, mas negou o assassinato.

veja também