MENU

Justiça Eleitoral desaprova contas de campanha de Maluf

Justiça Eleitoral desaprova contas de campanha de Maluf

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 7:31

O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) desaprovou, por 4 votos a 3, as contas da campanha eleitoral de 2010 apresentadas pelo deputado federal Paulo Maluf (PP). O julgamento foi desempatado pelo presidente do órgão, Walter de Almeida Guilherme.

Maluf ainda pode recorrer da decisão no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

De acordo com o processo, as contas de Maluf não registraram serviços prestados por uma empresa de confecção de placas adesivadas. As irregularidades dizem respeito à empresa Artzac, remunerada com R$ 168.650 por serviços prestados à campanha.

A empresa admitiu inicialmente ter prestado o serviço a Paulo Maluf, mas depois mudou sua versão e afirmou que a contratante foi a empresa de materiais de construção civil Eucatex. No julgamento, porém, foi considerado que a existência de três notas fiscais emitidas em datas diferentes mencionando Maluf indicava que não houve erro na emissão das notas.

A assessoria de Maluf afirmou que a defesa do deputado ainda não foi notificada sobre o caso, mas que deverá recorrer da decisão.

veja também