MENU

Kaká estuda se juntar a ator de Hollywood em projeto humanitário

Kaká estuda se juntar a ator de Hollywood em projeto humanitário

Atualizado: Terça-feira, 1 Junho de 2010 as 3:34

Um projeto contra a fome e outro para combater a prostituição na África do Sul encabeçado pelo astro de Hollywood Ashton Kutcher e que pode contar com o apoio do craque Kaká. Essa é a ideia que o americano enviou ao apoiador da seleção brasileira via twitter nesta segunda-feira.  Nos últimos dias, através do microblog de relacionamento da internet, os dois estreitaram relações para falar da inciativa. E o camisa 10 prometeu avaliar os e-mails com carinho.

O ator, que é casado com a atriz Demi Moore, trocou mensagens com o jogador sobre os dois projetos que está tocando no país da Copa do Mundo. O primeiro, contra a fome, se chama ''Walk the World to Fight Hunger'' (''Caminhe pelo mundo para combater a fome'') e vai realizar um evento na África do Sul no próximo dia 6 de junho. O outro, batizado de ''Real Men Don't Buy Girls'' (''Homens verdadeiros não compram mulheres''), tem como objetivo lutar contra a prostituição.

No bate-papo via twitter, Kaká aproveitou para pedir ao ator para torcer pelo Brasil na Copa do Mundo. O time comandado por Dunga vai estrear no próximo dia 15, contra a Coreia do Norte, no Ellis Park, em Joanesburgo.

- Espero o seu apoio para o Brasil durante a Copa - escreveu Kaká, lendo em seguida a promessa do americano de assistir aos jogos do time brasileiro.

Kaká conheceu Kutcher no ano passado através da filha do vice-presidente do Milan, Adriano Galliani. Os dois, porém, jamais se encontraram pessoalmente. Porém, eles passaram a conversar pelo microblog de relacionamento e por e-mail.

Em 2009, Kutcher provocou a seleção antes da final da Copa das Confederações, contra os Estados Unidos. O ator mandou um recado aos jogadores da equipe comandada por Dunga e à torcida brasileira horas antes do confronto. Deu Brasil, de virada: 3 a 2.

- Eu espero que o Brasil tropece em suas chuteiras porque meus garotos estão trazendo (o título) hoje - disse Kutcher, na época.

Depois do jogo e com o vice-campeonato dos Estados Unidos, o ator recebeu algumas provocações dos torcedores brasileiros e desafiou a seleção para um reencontro no futuro.

- OK. O Brasil venceu desta vez, mas vamos ver. Nós estamos crescendo e vamos ser competitivos - escreveu no microblog.

Por Márcio Iannacca

veja também