MENU

Kassab diz que aposta em apoio de Serra a Dilma é 'avaliação pessoal'

Aposta em apoio de Serra a Dilma é 'avaliação pessoal'

Atualizado: Sexta-feira, 2 Março de 2012 as 12:50

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), confirmou nesta sexta-feira as declarações citadas pelo presidente do PT, Rui Falcão, em entrevista publicada pelo jornal Folha de S.Paulo. Ao jornal, Falcão afirmou que Kassab acreditava que o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) apoiaria a reeleição de Dilma Rousseff em 2014, em uma eventual disputa contra seu colega de partido Aécio Neves. Apesar de confirmar as declarações, Kassab disse que isso se tratava apenas de uma "avaliação pessoal".

Em entrevista ao jornal, Falcão disse que Kassab o confidenciou que "o (José) Serra (PSDB) não vai mais ser candidato a presidente da República". "Para Dilma Rousseff, a melhor coisa que poderia acontecer é o Serra prefeito de São Paulo. Porque se tiver Dilma e Aécio (Neves, do PSDB), Serra é Dilma (na disputa presidencial de 2014)", afirmou Falcão.

Nesta sexta-feira, após passar por evento do PSD que debate a questão das privatizações, Kassab deu como certa a candidatura do "amigo e parceiro político" José Serra para a prefeitura de São Paulo. Segundo Kassab, o ex-governador "está feliz" com a possibilidade de ser novamente prefeito da capital paulista e que seu "foco mudou" do plano nacional, em que perdeu as últimas eleições, para o âmbito municipal, em que pretende derrotar o candidato petista Fernando Haddad.

"Serra mudou o foco - não que tenha abandonado o plano nacional. Ele está feliz, seus olhos brilham, está determinado, motivado, é positivo para a cidade que tenha um candidato tão qualificado quanto ele", disse Kassab. O prefeito, que chegou a dizer que Serra não se candidataria em 2012, declarou ter uma rotina de diálogo diário com o aliado. "Todos sabem que minha conversa com Serra é uma rotina, converso todos os dias com ele", afirmou o prefeito.

Kassab afirmou que não está definido ainda quem o partido apontaria como vice do postulante tucano no caso da consolidação de sua candidatura. Questionado se apresentaria o vice-governador Guilherme Afif Domingos, o prefeito afirmou que poderia também apresentar Alda Marco Antônio.

veja também