MENU

Kassab procura interlocutores do PT com plano para 'varrer' tucanos

Kassab procura interlocutores do PT com plano para 'varrer' tucanos

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 11:17

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), procurou interlocutores do PT com um plano para "varrer" os tucanos do Estado: ele indicaria o vice para uma chapa do partido e do PMDB à sucessão municipal, em 2012, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada na edição desta segunda-feira da Folha.

Em troca, ele iria para o ministério de Dilma Rousseff e os petistas o apoiariam numa candidatura ao governo do Estado em 2014, contra o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) ou um candidato lançado pelo tucano.

Os interlocutores do PT ponderaram ser difícil garantir apoio a Kassab em 2014. "Se o Lula e a [presidente] Dilma Rousseff participarem desse acordo, ainda assim ele tem chance de fracassar. O PT é complicado", diz um dirigente do próprio partido que acompanha de perto as conversas com Kassab.

PREFEITURA

Candidato derrotado ao Senado e pré-candidato à prefeitura pelo PC do B, Netinho vai contar com uma pedra no caminho. O deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) também almeja a candidatura. "Seria uma honra suceder o Kassab, uma das melhores administrações da história de SP."

Protógenes afirmou inclusive que, se precisar abrir mão da candidatura para ser vice numa composição com outro partido, ele topa. "Fui convidado por seis cidades para ser candidato a prefeito: Guarujá, Jundiaí, Salvador, São Paulo, Guarulhos e Santos. Mas minha preferência é por São Paulo", disse.

Já o campo de Geraldo Alckmin (PSDB-SP) está articulando a candidatura do deputado Gabriel Chalita (PSB-SP) à prefeitura. O deputado Campos Machado (PTB-SP), que tem conexão direta com o governador, almoça hoje com Chalita, que tem trânsito também no PT --ele apoiou Dilma em 2010.

veja também