MENU

Ladrões de bancos deixam dinheiro na mata após tiroteio com PM em MT

Ladrões de bancos deixam dinheiro na mata após tiroteio com PM em MT

Atualizado: Quinta-feira, 15 Setembro de 2011 as 1:48

Um dos carros usados pelos criminosos foi

queimado (Foto: Charles Gabriel, Tapurah Vip)

  Os ladrões que assaltaram duas agências bancárias esta semana na cidade de Tapurah, a 414 quilômetros de Cuiabá, entraram em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais nesta quarta-feira (14). O tiroteio aconteceu em uma região de mata fechada nas proximidades da ponte sobre o rio Arinos, na zona rural de Tapurah.

De acordo com informações da polícia, durante buscas na região os policiais encontraram o acampamento usado pela quadrilha. Os ladrões fugiram levando malotes e armas, mas abandonaram alimentação, água e cerca de R$ 2 mil.

Na terça-feira, policiais haviam encontrado vestígios dos assaltantes deixados na mata. "Encontramos alguns objetos possivelmente usados pelos assaltantes, como um capuz, além de vestígios de papel, pegadas", disse em entrevista ao G1 o comandante da Polícia Militar de Tapurah, o sargento José Carlos Medeiros Lima.

Roubos simultâneos

Cerca de 50 pessoas foram mantidas reféns pelos assaltantes durante o roubo a duas agências bancárias na tarde desta última segunda-feira (12) no município de Tapurah. Cerca de oito homens armados com fuzis invadiram as agências do Banco do Brasil e do Sicredi no município. Clientes e funcionários formaram escudo humano durante a ação da quadrilha.

Depois do roubo, os assaltantes fugiram em três veículos e com reféns.  Um dos carros, inclusive, foi queimado pelos ladrões. Os reféns foram abandonados minutos depois em uma estrada na zona rural do município. Até o fim da manhã desta quinta-feira (15) nenhum suspeito de ter participado nos roubos havia sido preso pela polícia.            

veja também