MENU

Lei criada pelo vereador Bezerra Jr. leva Bíblia a cegos

Lei criada pelo vereador Bezerra Jr. leva Bíblia a cegos

Atualizado: Sexta-feira, 14 Maio de 2010 as 8:14

Sancionada em dezembro de 2003, a lei 13.696, do vereador e pastor Carlos Bezerra Jr., começou a ser posta em prática: na semana passada, pela primeira vez, um exemplar da Bíblia Sagrada em Braille foi disponibilizado em biblioteca pública no Brasil.

Em obediência a legislação do parlamentar, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, a Biblioteca Louis Braille, no Centro Cultural de São Paulo, recebeu três unidades do velho e do novo Testamentos em sistema de leitura pelo tato.

"É uma vitória inédita. A Bíblia é o livro base da cultura ocidental e o acesso a seu conteúdo tem de ser universal. Agora, também os cegos poderão conhecê-la por si próprios", afirmou Bezerra Jr. Até o momento, três exemplares do livro estão sendo oferecidos ao público na biblioteca do Centro Cultural.

"Ainda há muito a conquistar. Pela lei, toda biblioteca pública aqui de São Paulo terá de disponibilizar as Escrituras em Braille. Porém, não escondo a alegria que senti ao saber que, após anos de trabalho e de busca de soluções para tornar essa iniciativa possível, a Bíblia finalmente estava disponível para esta parcela dos portadores de necessidades especiais", comemorou o vereador.

O jornal Diário de São Paulo, em matéria de domingo, 2/5, assinada pela repórter Mariana Zylberkan, deu destaque à ação. De acordo com a reportagem, até o fim do ano, outras quatro bibliotecas públicas da cidade receberão exemplares da Bíblia em Braille.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também