MENU

Lula alfineta tucanos e diz que sai com sensação de "dever cumprido"

Lula alfineta tucanos e diz que sai com sensação de "dever cumprido"

Atualizado: Segunda-feira, 18 Outubro de 2010 as 4

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta segunda-feira (18) da inauguração de uma refinaria de óleo da Petrobras em São José dos Campos (SP), onde fez um "balanço" dos oito anos do seu governo. Ao falar para um público formado por trabalhadores, o presidente destacou os investimentos na empresa que, segundo ele, "muita gente tentou vender" – aproveitando para alfinetar indiretamente o PSDB.

- Essa empresa que muita gente tentou vender, [...] se torna a segunda maior empresa de petróleo do mundo. [...] O valor patrimonial da Petrobras era de US$ 15 bilhões, hoje o valor patrimonial da Petrobras é de US$ 220 bilhões.

As privatizações de empresas estatais tem sido alvo de intensa discussão entre os candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), tanto em programas eleitorais quanto em debates. Embora o presidente não tenha citado nomes, ficou claro que o recado teve um destino: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o adversário da petista.

- [...] Daqui a 74 ou 73 dias, eu saio do governo com a sensação de dever cumprido. Com a sensação de ter criado talvez a maior relação com o movimento sindical, com a sensação de ter feito a maior relação com os empresários que um presidente já fez [...]. Eu saio com a sensação de dever cumprido, [com a sensação de] que a gente fez muita coisa, mas sabendo que ainda há muita coisa para ser feito, porque a gente não pode consertar em oito anos os desmandos que fizeram em 500 anos.

A fala de "despedida" de Lula foi interrompida pelos trabalhadores, que começaram a gritar "Dilma, Dilma". O presidente, então, repreendeu a plateia, lembrando que, por ser um evento oficial, não é permitido falar em campanha.

- Calma gente. Porque isso é um evento institucional e a gente não pode fazer campanha eleitoral.

Investimentos

O presidente também destacou os investimentos na construção de novas refinarias do país que, segundo ele, foram os maiores nos últimos 30 anos. De acordo com a Petrobras, o investimento na modernização da refinaria, que irá transformar óleo combustível em gás de cozinha, gasolina, diesel e outros, foi de US$ 3,5 bilhões desde 2006.

- Havia 30 anos que a gente não investia em uma refinaria nesse país. Faz sete anos que a gente está investindo 23 bilhões de dólares. [...] Tudo isso vai gerar muito emprego, vai gerar muita riqueza e vai gerar muitos dólares para o nosso país. [...]

Lula também falou, durante o discurso, sobre o crescimento da indústria naval sob sua gestão.

- Está acontecendo uma revolução no Brasil. [...] Nós recuperamos a indústria naval brasileira, que em 1970 era a segunda maior indústria do mundo. [...] Praticamente destruíram a indústria naval brasileira a pretexto de que ficava mais barato para a Petrobras comprar plataforma lá fora. [...] Eu estou terminando meu mandato, mas é importante lembrar que a indústria naval ressurgiu no Brasil com a luta que nós fizemos.

Por: Marina Novaes

veja também