Lula brinca com Serra sobre futebol durante inauguração de fábrica

Lula brinca com Serra sobre futebol durante inauguração de fábrica

Atualizado: Sexta-feira, 22 Janeiro de 2010 as 12

Em visita ao interior de São Paulo nesta sexta-feira, dia 22, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve ao lado do governador José Serra (PSDB) pela primeira vez após as polêmicas envolvendo as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O futebol acabou sendo o tema das brincadeiras entre o presidente e o governador.

O bate-boca entre petistas e tucanos começou quando a ministra afirmou em discurso na terça-feira, dia 19, que a oposição ameaça acabar PAC fazendo referência a uma entrevista de Guerra à revista "Veja". O PSDB soltou uma nota no mesmo dia dizendo que Dilma é reconhecida por "falta de experiência política".

Na quarta-feira, dia 20, o presidente do PT, Ricardo Berzoini (SP), afirmou que o PSDB está "descontrolado e perde a chance de ficar calado". Na noite de quarta os tucanos subiram o tom e uma nota assinada por Guerra afirma que a ministra mente e "usa a mentira como método".

A nota do PT divulga na quinta, dia 21,afirma que o governador de São Paulo e pré-candidato tucano à Presidência, José Serra, age com hipocrisia ao dizer que não entrará em “bate-boca eleitoral”. O PT diz ainda que Serra usa o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, como “jagunço”. A nota é assinada por Berzoini e pelo presidente eleito da legenda, José Eduardo Dutra (SE). Eles afirmam que a oposição é “incapaz de produzir um programa de governo que sensibilize os corações e as mentes dos brasileiros”.

Apesar disso, o assunto não foi abordado nos discursos durante a inauguração das instalações da nova fábrica da Cristália Produtos Químicos e Farmacêuticos, em Itapira, cidade localizada a 160 km de São Paulo.  

Ao iniciar seu discurso, Serra disse ter sido abordado por funcionários na entrada da fábrica e lamentou que poucos eram palmeirenses. Lula usou a situação para comemorar uma vitória sobre o tucano. "Não tem nada mais importante do que ver um palmeirense perceber que tem tão pouco torcedor", disse o presidente, que é corinthiano. "Já ganhei o dia por isso", completou.

Lula estava acompanhado dos ministros da José Gomes Temporão (Saúde), de Sérgio Rezende (Ciência e Tecnologia) e Alexandre Padilha (Relações Institucionais).

O presidente ressaltou a importância dos investimentos na ordem de R$ 160 milhões e a geração de 350 empregos na fábrica. Também falou sobre a importância da produção de coquetel contra AIDS e outros medicamentos.

Interior e capital

Nesta tarde, o presidente cumpre ainda agenda no interior de São Paulo. Em Campinas, Lula participa da inauguração do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE).

À noite, antes de encerrar os compromissos oficiais da semana, o presidente acompanha a inauguração da sede do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Empregados de Empresas de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Sindpd/SP).

Por: Ardilhes Moreira

veja também