MENU

Lula cobra fiscalização da lei seca e diz que "polícia não pode relaxar"

Lula cobra fiscalização da lei seca e diz que "polícia não pode relaxar"

Atualizado: Terça-feira, 22 Junho de 2010 as 7:19

O presidente Lula cobrou dos Estados nesta segunda-feira mais fiscalização para o cumprimento da lei seca no país. Desde que a lei entrou em vigor, há dois anos, a punição para motoristas que bebem antes de dirigir se tornou mais rígida.

''Nesse aspecto, a polícia não pode relaxar'', disse Lula. ''Nós temos que jogar pesado para que a polícia exerça sua função de fiscalizar o trânsito'', completou, durante discurso em evento para o combate às drogas, em Brasília.

O presidente minimizou os efeitos da lei seca em relação ao comércio. 'Se a gente criou a lei seca e um dono de um bar está reclamando que os fregueses dele não estão indo lá, nós não temos que nos importar com isso.'

Lula elogiou o trabalho de fiscalização feito no Rio de Janeiro, Estado governado por Sérgio Cabral (PMDB), aliado do presidente. ''Se as polícias estaduais não assumirem a responsabilidade, nós não vamos alcançar o sucesso que nós alcançamos no Rio de Janeiro'', afirmou.

De acordo com a Secretaria Nacional Antidrogas, o Rio de Janeiro conseguiu reduzir o número de acidentes no trânsito em cerca de 30%, o mais alto índice no país.

Por Larissa Guimarães

veja também