MENU

Lula critica "terrorismo" em relação ao risco de gripe suína no Brasil

Lula critica "terrorismo" em relação ao risco de gripe suína no Brasil

Atualizado: Quarta-feira, 29 Abril de 2009 as 12

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta terça-feira, 28 de abril, o que chamou de "terrorismo" em relação ao risco de contaminação da gripe suína no Brasil. O presidente reafirmou que o país tem remédios para combater a doença e disse que não se pode ficar "vendendo pânico".

"Eu acho que este momento é um momento de cautela, é um momento de prevenção e não é o momento de se fazer terrorismo com uma coisa que não chegou aqui", disse Lula. "Agora, o que a gente não pode é ficar vendendo pânico, porque de repente cria-se um problema onde não existe problema", afirmou.

Lula voltou a dizer que o Brasil está preparado para combater a doença - que já resultou em ao menos 22 mortes no mundo.

"O Brasil está preparado, nós temos remédio para atender as pessoas, vamos fazer fiscalização rígida nos aeroportos, para que a gente evite que essa doença chegue ao Brasil", disse.

Nesta terça-feira, 28 de abril, o Ministério da Saúde afirmou que 20 pessoas estão sendo monitoradas após apresentarem sintomas da gripe suína no Brasil. De acordo com órgão, entretanto, ainda não há confirmação de nenhum caso no país, e o casos monitorados ainda não são considerados suspeitos pelos critérios da OMS (Organização Mundial de Saúde).

veja também