MENU

Lula defende diálogo direto entre EUA e Cuba

Lula defende diálogo direto entre EUA e Cuba

Atualizado: Terça-feira, 6 Abril de 2010 as 12

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta segunda-feira (5), em reunião com o senador democrata norte-americano Chistropher Dodd, que os Estados Unidos mantenham um diálogo direto com Cuba, sem intermediários. De acordo com a assessoria do Planalto, Lula ressaltou a importância de uma negociação sobre o bloqueio econômico imposto pelos EUA à ilha desde 1962.

O presidente disse ainda esperar que o presidente norte-americano, Barack Obama, lance “um novo olhar” sobre a América Latina. Lula e o senador também conversaram, segundo a assessoria, sobre a viagem que o presidente fará ao Irã. Ele voltou a defender que é preciso investir no diálogo com o país comandado por Mahmoud Ahmadinejad antes da imposição de sanções.

Os Estados Unidos defendem punições mais rigorosas ao Irã pelo fato de o país se negar a interromper seu programa de enriquecimento de urânio. Ahmadinejad alega que o programa tem fins pacíficos, mas a comunidade internacional acusa o país de tentar produzir armas nucleares. Lula afirmou reiteradas vezes em discursos que o Irã tem o direito de desenvolver urânio se a finalidade for pacífica.

De acordo com a assessoria do Planalto, o encontro entre Lula e o senador foi informal e os dois apenas expressaram pontos de vista. Dodd é do partido Democrata e representa o estado de Connecticut no Senado americano.

veja também