MENU

Lula descarta assumir secretaria-geral da Unasul, diz porta-voz

Lula descarta assumir secretaria-geral da Unasul, diz porta-voz

Atualizado: Quarta-feira, 24 Novembro de 2010 as 10:55

O porta-voz da Presidência da Presidência, Marcelo Baumbach, afirmou nesta terça-feira (23) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem planos de assumir o cargo de secretário-geral da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). O cargo era ocupado pelo ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner, que morreu em outubro. "Não está nos planos do presidente Lula postular ou aceitar esse cargo no momento", disse o porta-voz.

Na próxima sexta-feira (26), a Guiana sedia, em Georgetown, a  4ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Unasul. Segundo o porta-voz, a substituição de Kirchner pode não ser definida durante o encontro internacional. "É um processo que, como já aconteceu no passado, pode levar bastante tempo", afirmou.

"Em menos de seis meses, o presidente Kirchner deu grande ênfase às dimensões política e de representação do cargo e, para consolidar seu legado, será necessário escolher sucessor com expressão política regional e trânsito entre os chefes de Estado e de governo do continente", disse o porta-voz.

Segundo Baumbach, a expectativa é que no encontro seja discutida a criação do Conselho de Direitos Humanos da Unasul, cujo objetivo é estimular o diálogo entre os países sobre o assunto. Além disso, Lula pretende tratar de assuntos bilaterais com presidente da Guiana, Bharrat Jagdeo.

O porta-voz destacou o fortalecimento das relações entre os países após a criação da Unasul, que desempenha "papel relevante de mediação em conflitos e tensões na região".

O presidente Lula chega a Georgetown na quinta-feira (25), às 16h (horário de Brasília). Lula retornará para o Brasil na tarde de sexta-feira (26).

veja também