MENU

Lula diz que faz parte de geração que não acreditava em desemprego a 6,7%

Lula diz que faz parte de geração que não acreditava em desemprego a 6,7%

Atualizado: Quinta-feira, 23 Setembro de 2010 as 2:06

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou hoje (23) os dados positivos divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que mostram o valor recorde do rendimento médio do trabalhador e a menor taxa de desemprego desde 2002. “Hoje é um dia gratificante por que IBGE divulgou algo importante. É engraçado porque minha geração nunca acreditou que pudéssemos ter um desemprego de apenas 6,7%. Isso era coisa para a Europa, os Estados Unidos. Hoje os Estados Unidos e a Europa estão com 10%, a Espanha está com 20% e o Brasil está com apenas 6,7%. Isso é considerado na Europa como pleno emprego.”

Os dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje pelo IBGE, apontam que o rendimento médio do trabalhador brasileiro alcançou um valor recorde de R$ 1.472,10 em agosto, o maior da série histórica iniciada em março de 2002.

A taxa de desemprego no país em agosto é menor do que os 6,9% registrados em julho e do que os 8,1% de agosto de 2009.

As declarações foram feitas pelo presidente Lula em Maringá (PR), onde ele sobrevoou a Linha Férrea e o Contorno Rodoviário Norte de Maringá. Também visitou as obras concluídas das vias laterais e rebaixamento da via férrea e participou de cerimônia de assinatura de ordem de serviços para finalização do rebaixamento.

O presidente ainda visitou as obras de conclusão da Vila Olímpica de Maringá (PR), que contará com pista de atletismo, piscinas, velódromo, alojamento para atletas e um restaurante popular. Construída em parceria entre a prefeitura, o Comitê Olímpico Brasileiro e o governo federal, a obra teve R$ 11 milhões de recursos do governo federal, de acordo com dados do Ministério do Esporte.

veja também