Lula fará campanha diária até a véspera da votação

Lula fará campanha diária até a véspera da votação

Atualizado: Sexta-feira, 22 Outubro de 2010 as 1:35

O estado-maior da campanha de Dilma Rousseff (PT) definiu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará aparições diárias em favor de sua candidata até o último dia permitido pela legislação.

De hoje até o dia 30, véspera da votação, o presidente só não tem, por enquanto, compromissos previstos para os dias 25 e 26 deste mês.

A agenda prévia foi alinhavada no Palácio da Alvorada durante reunião do chamado grupo dos sete, na noite de quarta-feira. Além de Dilma e Lula, integram o time o ministro Franklin Martins (Comunicação Social), o marqueteiro João Santana e os coordenadores Antonio Palocci, José Eduardo Dutra (presidente do PT) e José Eduardo Cardozo.

No encontro, o presidente mostrou-se "animado" com o quadro eleitoral, mas deu um alerta: "é proibido cochilar" nesta reta final. Por isso, não poupará esforços.

Lula já tem atividades previstas em 8 dos 10 dias que faltam para o fim da corrida ao Palácio do Planalto. Em alguns casos, buscará votos sozinho, como são os casos de comícios no Nordeste.

Uma caminhada em Belo Horizonte, no sábado, dia 30, marcará a despedida da campanha. Com 14,5 milhões de eleitores, Minas Gerais é o colégio mais cobiçado desta disputa --o segundo do país.

Segundo a Folha apurou, o grupo dos sete avalia que a eleição "ainda não está decidida", que é preciso intensificar as mobilizações e que o cenário é de melhora.

Durante a reunião, o apelo geral foi para que os programas de TV combinem mais "emoção e ataques" ao adversário José Serra (PSDB).

Lula cumprirá agenda sozinho em ao menos três atos e fará, sem a petista, o último comício petista da eleição, no dia 29, em Pernambuco. Nos próximos dias, ele e Dilma visitarão São Paulo e Minas duas vezes e o Rio de Janeiro no domingo.

Por: Natuza Nery

veja também