MENU

Luzes natalinas atrapalham animais no Parque Trianon, diz cientista

Luzes natalinas atrapalham animais no Parque Trianon, diz cientista

Atualizado: Quinta-feira, 6 Janeiro de 2011 as 9:17

As luzes de Natal que enfeitam parques e avenidas de São Paulo podem afetar a vida dos animais em áreas verdes da capital. É o que afirma Eugene Harris, do departamento de Ciência Biológica e Geologia da City University de Nova York, ao analisar o caso do Parque Trianon, na região central da capital. "O problema da iluminação da Avenida Paulista é piorado com a presença dessas luzes artificiais", afirma o professor.

Para ele, a quantidade, a intensidade e a duração da exposição - 33 dias, durante todas as noites - são os principais fatores que devem atrapalhar os bichos. "O metabolismo e a reprodução são afetados, assim como o relógio biológico dos animais, quando eles dormem, quando acordam para se alimentar", afirma o cientista, que fez pós-doutoramento em biologia na Universidade de São Paulo (USP).

"Este é um problema geral de todas as cidades grandes, a poluição luminosa, mas se você for no Central Park, em Nova York, não irá encontrar tanta luz quanto em um espaço tão pequeno como o do Trianon."

Tido como um dos últimos redutos de Mata Atlântica na capital paulista, o parque tem uma área de 48 mil metros quadrados e contém 38 espécies identificadas, 29 delas de aves, segundo informações do portal da Prefeitura.

Mesmo o barulho das luzes ligadas e a presença de humanos no período noturno são encarados como complicadores, prejudicando, por exemplo, o senso de localização dos bichos. "A Prefeitura deveria ter responsibilidade ao colocar este tipo de iluminacão, com impacto no meio ambiente. E os cidadãos deveriam reclamar mais", defende o norte-americano, que cita o local como "tesouro", mostrado até a seu filho, tamanha a admiração dele pelo espaço verde.

Ao ser procurada pelo G1, a assessoria do parque afirmou que os adereços de Natal foram instalados “de forma segura e de modo a não oferecer risco às árvores e à fauna do local”. Não foram registradas ocorrências com os pássaros que habitam o parque e nenhuma árvore foi avariada até o momento. A retirada da decoração começa a partir desta sexta-feira (7).

Novos postes

O sistema de iluminação da Avenida Paulista passa atualmente por uma renovação estimada em R$ 3,5 milhões. O projeto, elaborado pelo Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e executado pela Eletropaulo, prevê a substituição de 54 postes de concreto por 39 estruturas com projetores e 15 postes menores, todos equipados com lâmpadas de vapor metálico.

O aumento no nível de luminosidade deverá ser de 425% ao longo da avenida, com redução mensal de 70% no consumo de energia, segundo a Prefeitura.

veja também