MENU

Madeireiros armados invadem reserva de irmã Dorothy no PA

Madeireiros armados invadem reserva de irmã Dorothy no PA

Atualizado: Segunda-feira, 27 Junho de 2011 as 9:44

Um grupo de madeireiros armados invadiu na noite de sábado (25) a reserva do PDS (Projeto de Desenvolvimento Sustentável) Esperança, em Anapu (PA), numa tentativa de levar madeira extraída ilegalmente e apreendida pela Polícia Federal.

A denúncia foi feita neste domingo pela CPT (Comissão Pastoral da Terra), que teme um conflito com os moradores da área, onde a missionária Dorothy Stang foi assassinada, em 12 de fevereiro de 2005.

"Eles [os madeireiros] chegaram em seis motos, uma camionete e um caminhão-caçamba", disse o padre José Amaro Lopes de Sousa, coordenador da CPT nas regiões de Anapu e Altamira.

Segundo o religioso, esse grupo é ligado aos madeireiros que foram flagrados no início do ano derrubando árvores dentro da reserva.

Eles foram retirados do local, e a madeira, apreendida pela Polícia Federal. "O pessoal prometeu voltar para buscar as árvores", disse o padre.

De acordo com o líder da CPT, o grupo entrou na reserva à noite pela entrada principal, onde estão sendo construídas guaritas, mas não saíram devido à reação dos moradores, que denunciaram a ação à Polícia Civil. "Não sei se eles continuam lá. Se estiverem, existe risco de confronto", declarou o padre.

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) no Pará informou à tarde que desconhecia o caso e que não havia sido acionado até então.

O instituto reconheceu que há problemas na região com a extração ilegal de madeira e informou que, neste ano, 13 assentados do PDS Esperança associados a madeireiros foram multados por derrubar florestas dentro da reserva.

veja também