Mãe e bebê são transferidos de cela de cadeia no interior de SP

Mãe e bebê são transferidos de cela de cadeia no interior de SP

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:19

A mãe e o bebê recém-nascido que dividiam uma cela com outras detentas em Tambaú, a 255 km de São Paulo, foram transferidos para a Penitenciária Feminina da Capital, na Zona Norte de São Paulo, nesta sexta-feira (16). A prisão paulistana tem mais condições de abrigar a criança.

Segundo a mulher, de 24 anos, foi presa no início da gravidez por tráfico de drogas. Ela foi levada para a cadeia de Tambaú, que tem capacidade para 20 presas, mas abriga 37 mulheres.

Depois de saírem do hospital, há menos de duas semanas, mãe e filho ficaram com outras duas detentas em uma cela de 15 metros quadrados. “Tinha medo de ele ficar doente”, disse a jovem.

O estado de São Paulo conta com 12 unidades prisionais para mulheres. O sistema tem capacidade para atender 5.900 presas, mas são 7.500 mulheres. A Secretaria de Administração Penitenciária não informou o número de mulheres grávidas ou que tiveram bebê nas unidades.

Sair da cadeia e seguir para a penitenciária é um alívio para a mãe e para a polícia. “Cadeia não é lugar para o bebê”, disse o delegado José Guilherme de Camargo.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições