MENU

Mãe que abandonou bebê em quintal vai esperar julgamento em liberdade

Mãe que abandonou bebê em quintal vai esperar julgamento em liberdade

Atualizado: Segunda-feira, 2 Maio de 2011 as 4:18

A mulher que abandonou um bebê na noite de terça-feira (26) no quintal de uma casa, na Vila Gustavo, Zona Norte de São Paulo, vai responder ao processo por abandono de incapaz em liberdade, segundo o delegado Antônio Carlos Corsi Sobrinho, do 73º DP no Jaçanã. Ela foi detida neste sábado (30) em Suzano, na região metropolitana, e já foi indiciada. Se julgada e condenada, pode pegar pena que varia de seis meses a três anos de prisão. O bebê está internado no Hospital São Luiz Gonzaga.

De acordo com a polícia, a mulher tem 26 anos e confessou ter deixado a criança porque não tinha como criar o filho. "Ela disse que abandonou o bebê porque não tinha condições de criar o menino, estava desesperada. Disse que o pai da criança sumiu”, contou Sobrinho.

Segundo ele, a mulher deu à luz o menino no Hospital do Servidor Público Municipal, na Zona Sul, na segunda-feira (25). O recém-nascido, com tempo de vida estimado pela polícia em 5 dias, foi deixado no quintal da casa de um porteiro. Ronaldo Ayres Gambale havia saído para ir à padaria e, quando voltou, encontrou o menino enrolado em um cobertor. Junto dele, havia uma bolsa com a inscrição "Mãe Paulistana", programa da Prefeitura que auxilia as gestantes.

De acordo com o delegado, a mulher disse que conheceu o pai da criança na igreja que frequenta, mas que, quando foi falar da gravidez, ele havia sumido. "A família dela nem desconfiava."      

veja também