MENU

Mãe que abandonou está arrependida, diz polícia

Mãe que abandonou está arrependida, diz polícia

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 2:15

A mãe que abandonou uma recém-nascida em um canavial de Ourinhos, a 378 km de São Paulo, diz estar arrependida e que quer ficar com a criança, segundo a polícia. Nesta quinta-feira (3), ela foi até a Santa Casa da cidade amamentar a bebê.

De acordo com a delegada Ana Rute de Castro Bertolaso, da Delagacia de Defesa da Mulher de Ourinhos, em depoimento na noite de quarta-feira (2), a trabalhadora rural suspeita negou ser a mãe e ter abandonado a criança. No entanto, na manhã desta quinta, ela voltou atrás e retornou à delegacia acompanhada da mãe e, em depoimento complementar, admitiu ter dado à luz a bebê encontrada e disse que quer ficar com a criança.

"Ela disse que a mãe a convenceu a cuidar da menina, que ela se arrependeu. Disse que ficou desesperada porque escondeu a gravidez do pai da criança e dos seus familiares e quando a menina nasceu não sabia o que fazer", conta a delegada.

Ainda segundo a delegada, a mãe da bebê disse que no dia 2 de fevereiro de 2010 havia perdido uma criança que viveu apenas um dia.     Após prestar depoimento, a mãe da criança foi liberada. No entanto, de acordo com a delegada, mesmo tendo se arrependido, vai responder por abandono de recém-nascido. A pena pode chegar até a dois anos de detenção.

"Quanto a bebê, a decisão não é mais da delegacia. O Conselho Tutelar vai apurar e tomar as medidas necessárias", explica Bertolaso.

A recém-nascida foi encontrada abandonada em um canavial de Ourinhos nesta quinta-feira. O choro do bebê atraiu a atenção de um grupo de trabalhadores rurais, que encontrou a criança.

O bebê foi levado para o pronto-socorro da Santa Casa de Ourinhos. Segundo um boletim médico, a criança tem marcas de picadas de insetos por todo o corpo, mas está saudável e não corre risco de morrer.    

veja também