Maior favela do país, Rocinha discorda de dados de população do IBGE

Maior favela do país, Rocinha discorda de dados de população do IBGE

Atualizado: Quarta-feira, 21 Dezembro de 2011 as 2:27

O Censo Demográfico 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) constatou que a comunidade da Rocinha é a mais populosa do país, com 69.161 habitantes, distribuídos em 25.352 domicílios (média de quase três moradores por residência). Para a Associação de Moradores, no entanto, o número é muito maior.

“A Rocinha tem entre 180 mil e 220 mil habitantes”, afirma o presidente da União Pró-Melhoramentos dos Moradores da Rocinha (UPMMR), Leonardo Rodrigues Lima, mais conhecido como Léo, 49. Ele conta que está na favela há 32 anos, e preside a associação há dois.

“Ô, Chico: alguém do IBGE passou na sua casa para perguntar alguma coisa? Ô, Madalena: você recebeu alguém do IBGE na sua casa?”, pergunta Léo para o vice-presidente e para uma funcionária da UPMMR. "Não", respondem.

Lixo é levado por trator da Comlurb na Rocinha (Foto: Bernardo Tabak/G1) “Na minha casa, também não foi ninguém do IBGE. Há alguns anos, uma empresa fez um censo na Rocinha e disse que havia uma população de 110 mil pessoas”, conta Léo, que diz não se lembra qual empresa ou instituição foi responsável pela pesquisa.

“Uma vez, em uma reunião com 300 pessoas, menos de 10 disseram ter sido entrevistadas pelo IBGE”, recorda. O IBGE afirmou que a pesquisa do Censo Demográfico 2010 segue uma metodologia rigorosa do instituto, que não emite opiniões sobre outras pesquisas. A metodologia do censo está disponível no site do instituto.

A Rocinha foi ocupada em novembro pelas forças de segurança do estado para a implantação de uma UPP (Unidade da Polícia Pacificadora). Antes da pacificação, a favela era controlada pelo tráfico.          

veja também