MENU

Mais um suspeito de suborno com prisão decretada se entrega, diz Polícia Federal

Mais um suspeito de suborno com prisão decretada se entrega, diz Polícia Federal

Atualizado: Sexta-feira, 12 Fevereiro de 2010 as 12

A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (12) que mais um suspeito de ter participado da suposta tentativa de suborno a uma testemunha do mensalão do DEM de Brasília se entregou. Haroaldo Brasil, ex-diretor da Companhia Energética de Brasília (CEB), se apresentou na superintendência por volta das 12h10.

O diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, disse nesta sexta que os três suspeitos estavam sendo procurados para serem presos . Com a apresentação do ex-diretor, estão sendo procurados agora o ex-deputado distrital Geraldo Naves (DEM) e o ex-secretário de Comunicação do DF Weligton Moraes.

Todos tiveram o pedido de prisão autorizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta quinta-feira (11) na decisão que determinou a prisão e o afastamento do governador José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM).

Nesta quinta, os três haviam dito que se entregariam à Polícia Federal, assim como fizeram na noite de quinta Arruda e o sobrinho dele, Rodrigo Arantes.

veja também