MENU

Manifestantes ganham mais tempo para discutir saída do plenário da Câmara Legislativa do DF

Manifestantes ganham mais tempo para discutir saída do plenário da Câmara Legislativa do DF

Atualizado: Segunda-feira, 7 Dezembro de 2009 as 12

Manifestantes que estão acampados no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal ganharam mais tempo para definir a desocupação após reunião com o presidente interino da Casa, deputado Cabo Patrício (PT). Eles vão fazer uma assembléia às 14h30 para apresentar as propostas de Patrício e discutir a saída. O resultado da assembléia deve ser divulgado às 17h pelo grupo.

Na reunião, Patrício não descartou que a ordem de desocupação seja cumprida. A ordem de desocupação terminou às 8h de hoje, mas o deputado afirmou que quer uma saída pacífica dos manifestantes.

''Nós precisamos evitar que haja qualquer tipo de agressão. Estamos negociando uma saída pacífica, mas preciso do plenário desocupado amanhã às 10h''.

Patrício convocou para esta terça-feira (8) uma sessão extraordinária para ler os dois pedidos de impeachment de Arruda que foram aprovados pela Procuradoria da Câmara Legislativa e o requerimento que deve ser protocolado hoje pela OAB-DF (Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal).

Arruda está sendo acusado de participação em esquema de pagamento de propina a parlamentares aliados, no que vem sendo chamado de ''mensalão do DEM''. Estão envolvidos também assessores do governador.

Os recursos viriam de empresas que prestam serviços ao governo do Distrito Federal. As filmagens foram feitas por Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais de Arruda, que aceitou ajudar nas apurações em troca de uma futura redução de pena, a chamada delação premiada.

Por Lais Lis

veja também