MENU

Manifestantes interditam sentido Consolação da avenida Paulista

Manifestantes interditam sentido Consolação da avenida Paulista

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

Funcionários públicos de São Paulo que realizam uma manifestação na tarde desta quarta-feira, dia 31, na avenida Paulista saíram do vão livre do Masp e ocuparam a pista sentido Consolação por volta das 15h20 desta quarta-feira. O trânsito é ruim na região.

Antes, apenas uma faixa da via estava interditada pela Polícia Militar, que acompanha o ato. De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), como reflexo do protesto, o motorista enfrenta 1,8 km de congestionamento na via, da praça Oswaldo Cruz até a rua Peixoto Gomide.

Em toda a cidade, a companhia registrava 58 km de congestionamento por volta das 15h30, o que equivale a 7% dos 835 km monitorados, índice dentro da média para o período.

Passeata

Os manifestantes devem sair em passeata pela rua da Consolação até a praça do Patriarca.

O protesto de hoje reúne diferentes entidades de funcionários públicos e é chamada de "bota-fora do Serra" - ocorre no dia em que José Serra (PSDB) sai do governo paulista para disputar a eleição presidencial.

Assembleia

Também no vão livre do Masp deve ocorrer uma assembleia da Apeoesp (sindicato dos professores de São Paulo), que decidirá se mantém a greve iniciada no dia 8 de março. A presidente do sindicato, Maria Izabel Noronha, afirmou que, apesar da participação do sindicato, a manifestação é independente da greve dos professores. Segundo ela, o protesto é uma liberdade de expressão do funcionalismo.

Servidores da Saúde, que já realizaram uma manifestação na manhã de hoje em frente à Secretaria da Saúde, também estarão no protesto.

Por: Daniel Roncaglia e Mariana Pastore

veja também