Manifestantes são contidos ao tentar alcançar rampa do Planalto

Manifestantes são contidos ao tentar alcançar rampa do Planalto

Atualizado: Quinta-feira, 25 Novembro de 2010 as 10:13

Uma manifestação de servidores do Judiciário por reajuste salarial provocou tumulto em frente ao Palácio do Planalto nesta quarta-feira (24). Em greve em sete estados, a categoria fez uma mobilização na Praça dos Três Poderes, em Brasília, para pressionar o governo pelo aumento de 56% e revisão do plano de carreira.

Pouco antes das 17h, os manifestantes começaram a ultrapassar as grades de isolamento para tentar chegar à rampa do Palácio do Planalto. Os seguranças da Presidência tiveram de empurrar os manifestantes para fazer com que eles retornassem à Praça dos Três Poderes.

“Estamos aqui para cobrar o compromisso que o presidente Lula assumiu com o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, de negociar o reajuste da categoria. Estamos sem aumento desde 2006”, afirmou Dênis Lopes, dirigente da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Fenajufe).

Em julho, o presidente Lula assumiu o compromisso com Peluso de retomar as negociações sobre o aumento dos servidores do Judiciário após as eleições, para ouvir a opinião do próximo governo.

A diretoria do Supremo afirma que o objetivo do reajuste nesse patamar é evitar a evasão de profissionais para outras carreiras com melhores salários. Dados apresentados pelo STF mostram que o salário final de um analista judiciário (R$ 10.436,11) é o menor entre carreiras semelhantes de outros poderes, como do analista legislativo do Senado, em que a remuneração final chega a R$ 23.721.

Por: Débora Santos

veja também