Mão Santa lamenta estado de barbárie no Brasil

Mão Santa lamenta estado de barbárie no Brasil

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:06

O senador Mão Santa (PMDB-PI) lembrou nesta quinta-feira (25), ao comentar os episódios que estão aterrorizado a população da cidade do Rio de Janeiro, que há muito tempo vem advertindo as autoridades para o crescimento da violência nos grandes centros urbanos do país. Ele reconheceu que a violência sempre existiu, mas assinalou que até agora as instituições conseguiam administrar a situação e citou o cientista político italiano Noberto Bobbio que disse que o mínimo a se exigir de um governo é a segurança.

Mão Santa lamentou que o país esteja vivendo "um período de barbárie", chamando a atenção para o fato de que nos vizinhos Uruguai, Chile e Argentina não existe o mesmo nível de violência registrado no Brasil.

O senador afirmou que instituições importantes na pacificação da sociedade estão destroçadas no Brasil, como a família e a escola. Ele fez uma ressalva à religião, a qual, conforme afirmou, é no país "uma benção de Deus", devido ao surgimento de muitas igrejas cristãs.

- Numa audiência sobre violência, ouvi um jornalista dizer que andava pelas favelas e percebeu que onde tem uma igreja tem paz - afirmou.

Mão Santa também criticou os baixos salários pagos aos policiais e aos soldados. Ele fez um apelo ao presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, para que vote a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 300, que cria o piso salarial nacional para policiais civis, militares e bombeiros. O senador disse que, na verdade, os parlamentares estão enganando os policiais, pois durante a campanha eleitoral prometeram aprovar a PEC.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições