MENU

Marcelo Crivella está entre os 10 senadores com maior número de proposições relevantes

Marcelo Crivella está entre os 10 senadores com maior número de proposições relevantes

Atualizado: Quarta-feira, 22 Abril de 2009 as 12

Estudo da ONG Transparência Brasil, divulgado em abril, mostra que 38% das matérias propostas pelos senadores são irrelevantes ou sem impacto para a população brasileira. Das 5.8519 propostas analisadas desde fevereiro de 2003, 2534 (44%) foram consideradas de impacto. O restante, segundo o levantamento, são proposições relacionadas a assuntos da casa (16%) e requisições a outros órgãos (3%). As informações são do Jornal do Brasil, do dia 17 de abril.

Para chegar a esses números, a ONG considerou como irrelevante as propostas que versavam sobre homenagens, sessões solenes, batismos, datas comemorativas e simbologias. Das 2025 homenagens propostas pelos senadores, 2014 foram aprovadas.

A ONG listou as matérias consideradas de imapcto em cinco categorias. As mais freqüentes referem-se a questões sobre os códigos penais e civil, além das categorias educação; tributos e taxas, regulação política e controle da corrupção.

O estudo traz também uma avaliação da atuação dos parlamentares. Os 10 senadores com maior número de proposições relevantes, segundo a ONG, foram Paulo Paim (PT/RS), Pedro Simon (PMDB/RS), Marcelo Crivella (PRB/RJ), Expedito Júnior (PR/RO), Álvaro Dias (PSDB/PR), Cristovam Buarque (PDT/ DF), Gerson Camata (PMDB/ES), Serys Slhessarenko (PT/MT), Sérgio Zambiasi (PTB/RS) e Demóstenes Torres (DEM/GO).

Único senador no Rio de Janeiro a figurar na lista, Marcelo Crivella destaca-se por atuações na área social, como o projeto de lei que torna aceitável apenas a prova testemunhal para a aposentadoria rural e o que libera do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos o candidato desempregado.

Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

veja também