MENU

Marido é preso 12 anos após matar mulher a marteladas em MT, diz PM

Marido é preso 12 anos após matar mulher a marteladas em MT, diz PM

Atualizado: Sexta-feira, 2 Dezembro de 2011 as 3:56

Espingarda e munições foram apreendidas na casa do suspeito (Foto: Polícia Militar) Um homem suspeito de ter assassinado a própria mulher a marteladas há mais de 10 anos no município de Juína, a 735 quilômetros de Cuiabá, foi preso nesta quinta-feira (1º), pela Polícia Militar. Os policiais receberam uma denúncia que o suspeito estaria escondido em um assentamento rural da cidade de Castanheira.

O crime ocorreu em março de 1999 e teve grande repercussão pela forma como a vítima foi morta. De acordo com as investigações, o suspeito estava com ciúmes da mulher e, por isso, efetuou golpes de martelo até matar a vítima. No corpo da mulher, ainda segundo a polícia, foram encontradas marcas de mordidas.

No local onde o suspeito foi preso, os policiais encontraram uma espingarda calibre 28, cartuchos e pólvoras. O armamento foi apreendido. À polícia, o suspeito disse que após cometer o crime, fugiu para o Paraná e depois retornou para Mato Grosso quando percebeu que o caso já havia parado de ser noticiado na região. O suspeito está preso na Cadeia Pública de Juína, onde ficará à disposição da Justiça.        

veja também