Marina quer voltar ao Senado para votar "ficha limpa" e reajuste

Marina quer voltar ao Senado para votar "ficha limpa" e reajuste

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 8:48

Licenciada do Senado para se dedicar à pré-campanha à Presidência da República, a senadora Marina Silva (PV-AC) pretende voltar à Casa para votar determinados projetos.

Segundo a Mesa Diretora do Senado,  a parlamentar pode fazer isso durante a licença, se quiser.

Nesta quarta-feira (19), Marina participa em Brasília de uma sabatina com Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), pré-candidatos ao Palácio do Planalto, na 13ª Marcha em Defesa dos Municípios e, depois, segue na capital federal para aguardar a votação do projeto ficha limpa, que pretende barrar a candidatura de políticos com problemas na Justiça. Ela já havia anunciado, pelo Twitter, que pretende votar o projeto.

Além desse projeto, Marina também quer participar da votação de outros temas como o reajuste para os aposentados, o fator previdenciário, o Código Florestal e a Política de Resíduos Sólidos, segundo o ex-deputado Luciano Zica, que faz parte da coordenação política da pré-campanha da senadora.

No final de abril, Marina encaminhou requerimento à Mesa Diretora do Senado pedindo licença de suas atividades, sem ônus para o Senado, até dia de 17 de junho. Ela argumentou que precisava se dedicar às tarefas do partido ''como a reestruturação programática da legenda e a elaboração de um plano de governo com vistas à disputa eleitoral'', mas fez a ressalva de que  poderia voltar ao Senado '' a qualquer momento, antes da data estabelecida, se isso for importante para a defesa dos interesses nacionais'', segundo nota divulgada pela assessoria da senadora.

veja também