MENU

Marina Silva se confunde durante discurso e pede votos para o PSDB

Marina Silva se confunde durante discurso e pede votos para o PSDB

Atualizado: Sexta-feira, 17 Setembro de 2010 as 4:14

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, se confundiu durante um discurso de campanha em Vitória, nesta sexta-feira (17). Marina, que concorre pelo PV, com o número 43, pediu votos para o número 45, que é do PSDB.

"Eu peço que cada um se empenhe com o seu candidato. Quem tem dúvida vote no 45. Vote no 45 para estadual. Vote para federal e assim você vai está ajudado a eleger pessoas que estão comprometidas com o desenvolvimento sustentável”, disse a candidata durante discurso.

Ao perceber o erro, Marina, com bom humor, sorriu e disse que "qualquer um erra". A presidenciável defendeu que o Ministério Público investigue as denúncias de tráfico de influência na Casa Civil, mas não comentou sobre a queda da ministra-chefe do ministério, Erenice Guerra. "Quero que a Justiça investigue todos esses casos e agora o Ministério Público tem uma responsabilidade muito grande", ressaltou.

A candidata do PV cumpriu agenda na capital do Espírito Santo na manhã desta sexta-feira, no clube Álvares Cabral, e defendeu um aumento nos investimentos em educação para 7% do PIB. Durante o discurso, a presidenciável também comentou sobre a partilha dos royalties da exploração de petróleo e do pré-sal.

“Eu tenho a visão sobre a questão dos royalties do petróleo que os estados produtores não sejam prejudicados, mas que também possam ser favorecidos os outros estados. Mantendo os ganhos e conquista dos estados produtores, também se pode beneficiar o conjunto do país", defendeu a candidata.

Marina também disse que muitas promessas apresentadas pelos adversários não são viáveis. "Parece que na hora da eleição tudo fica miraculoso. A reforma política, tributária, fiscal, tudo pode ser feito num passe de mágicas. Educação, Saúde, saneamento e isenção fiscal também viram mágica. Se isso fosse fácil de fazer, já teria sido feito", criticou a candidata.

Nesta sexta-feira, à tarde, Marina viaja para Salvador, onde cumpre agenda de campanha. A candidata do PV vai receber o título de Cidadã Soteropolitana, concedido pela Câmara Municipal de Salvador.

veja também