MENU

Marina Silva vai se licenciar do Senado até o dia 1º de julho

Marina Silva vai se licenciar do Senado até o dia 1º de julho

Atualizado: Terça-feira, 22 Junho de 2010 as 9:31

A pré-candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, vai entregar nesta terça-feira (22) um novo pedido de licença à Mesa Diretora do Senado. Marina deve ficar afastada da Casa até o dia 1º de julho, quando já pretende ter registrado sua candidatura à Presidência junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo para o registro das candidaturas encerra no dia 5 de julho.

Essa será a segunda licença de Marina desde que foi anunciada como pré-candidata do PV à Presidência. No dia 29 de abril, Marina entregou o primeiro pedido. A senadora pretendia ficar fora do Senado até o dia 17 de junho, mas admitiu a possibilidade de retornar à Casa dependendo da importância das votações. Mariana acabou voltando às atividades no dia 20 de maio, para participar da aprovação do projeto ficha limpa pelo Senado.

Desta vez, Marina pretende ficar fora da Casa por apenas 10 dias. Por ano, a Mesa Diretora do Senado permite uma licença de 120 dias a cada um dos senadores. O período pode ser dividido, dependendo das necessidades de cada parlamentar. Diante da regra, Marina ainda terá 88 dias de licença para se afastar do Senado durante o período da campanha eleitoral.

Durante o período da ausência, Marina não receberá salário, nem será necessário que seu suplente assuma o mandato. Nesta terça-feira, quando sua equipe legislativa entregar o pedido de licença à Mesa Diretora, Marina estará cumprindo agenda da pré-campanha no Rio de Janeiro.

Por Iara Lemos

veja também