MENU

Marinha confirma que o barco Imagination foi reformado

Marinha confirma que o barco Imagination foi reformado

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 12:57

Barco 'Imagination' cerca de duas horas antes do acidente (Foto: Reprodução/TV Globo)

  O barco Imagination foi construído em 2007. Segundo a Marinha, os tanques foram compartimentados e mais tubulões foram incluídos no barco. Ainda não se sabe quantos novos tubulões foram acrescentados aos dois originais. Os tubulões e os tanques, de acordo com a Marinha, servem para manter a estabilidade e a flutuação do barco.

Além do inquérito criminal da Polícia Civil, a Marinha abriu inquérito administrativo. Dois engenheiros especializados em acidentes náuticos, do Rio de Janeiro , apuram a responsabilidade sobre o ocorrido e, principalmente, por que a embarcação afundou. Essa investigação deve ser concluída em 90 dias.

Reflutuação

O Corpo de Bombeiros iniciou os estudos para realizar a reflutuação do barco que afundou no Lago Paranoá , em Brasília, no último domingo (22). O coronel Marco Negrão, do Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros, acredita que o trabalho de içar a embarcação será bastante complicado, uma vez que o barco Imagination pesa 15 toneladas e está a 18 metros de profundidade.

Os bombeiros ressaltaram que a operação de retirada do Imagination só ocorrerá quando as buscas forem finalizadas. “Temos que realizar um estudo preciso. Nunca fizemos uma operação desse porte e com uma embarcação desse tamanho. Vai ser bastante demorado”, declarou o coronel Negrão. Uma das estratégias estudadas planeja a retirada do barco com balões de reflutuação. "Tentaremos retirar o barco na posição que ele está, inclinado, para depois girá-lo", explicou o coronel Negrão.

Entre as dificuldades para a realizar a busca estão a temperatura da água, que está em torno de 12º, e a visibilidade, que é de cerca de um metro durante o dia. Até o fim da manhã desta terça-feira (24), os mergulhadores já haviam percorrido uma área de 75 mil metros quadrados do Lago Paranoá, o equivalente a sete campos de futebol.          

veja também