MENU

Mário Couto

Mário Couto

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 4:04

"Os bandidos tomaram conta do Pará sem que a governadora Ana Júlia Carepa tomasse qualquer providência", afirmou o senador Mário Couto (PSDB-PA). Na tribuna do plenário ele disse que, diferentemente da atual governadora, o governador eleito Simão Jatene, seu colega de partido, já se mobiliza para reverter a insegurança no estado. Segundo o senador, Jatene esteve em Brasília na semana passada e conseguiu no Ministério da Justiça a liberação de uma equipe da Força Nacional de Segurança Pública para combater o crime praticado em território paraense.

- Cansei de dizer nessa tribuna que a cada final de semana morrem 16 paraenses, homens e mulheres, assassinados a faca e a bala. A governadora Ana Júlia Carepa parecia que não sabia desses detalhes, apesar de os dados serem fornecidos pela Secretaria de Segurança do seu próprio governo. Ela sabia, mas não ligava. Sabia que conseguiria com a ajuda do presidente Lula solucionar os problemas do Pará, mas não ligava - declarou Mário Couto.

Segundo o senador pelo Pará, Simão Jatene veio a Brasília pedir ajuda aos congressistas e ao governo federal solução para os problemas do estado, sobretudo os relacionados às áreas de segurança pública, saúde e educação. Ele disse que Ana Júlia Carepa nunca aceitou a oferta que a bancada federal teria feito para auxiliá-la a minimizar as dificuldades.

Mário Couto contou que conseguiu a liberação de R$ 21 milhões, recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Desse montante, informou o senador, o governo paraense utilizou apenas R$ 1,7 milhão e devolveu para os cofres da União o restante do dinheiro.

Tucuruí

Outro assunto abordado pelo senador foi a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Pará para inaugurar as eclusas de Tucuruí, instaladas no rio Tocantins para permitir a navegação. O parlamentar agradeceu o presidente da República pela conclusão da obra, iniciada em 1981 e interrompida várias vezes ao longo dos anos. Mário Couto lamentou, no entanto, "que o mesmo presidente capaz de beneficiar o Pará com a conclusão das eclusas não consiga tomar medidas como aumentar o valor das aposentadorias".

veja também