MENU

Médico autuado por desacato é liberado pela polícia no Rio

Médico autuado por desacato é liberado pela polícia no Rio

Atualizado: Quinta-feira, 28 Julho de 2011 as 1:03

O médico que foi detido por suspeita de desacato no Hospital Paulino Werneck, na Ilha do Governador, no Rio, foi liberado pela polícia após prestar depoimento na 37ª DP (Ilha do Governador), na noite de quarta-feira (27). Segundo o delegado-adjunto Luciano Zahar, ele foi detido após ofender policiais militares.

De acordo com o delegado, o médico, que teria se recusado a atender pacientes na emergência, foi autuado por desacato e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) . "O crime de desacato é de menor potencial ofensivo, então, ele não foi preso. Mas terá que se comprometer a comparecer a todos as audiências no Jecrim", explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito, que é oficial da Marinha, negou ter ofendido os policais militares.      

veja também