MENU

Médico diz que Lula passou a noite bem

Lula passou a noite bem

Atualizado: Segunda-feira, 5 Março de 2012 as 11:22

O infectologista David Uip disse à Globo News nesta segunda-feira (5) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a noite bem e não voltou a ter febre. Lula foi internado neste domingo (4) com pneumonia no Hospital Sírio-Libanês.

Segundo informou o médico, Lula realizou nesta manhã novos exames para identificar o agente causador da pneumonia. O objetivo é saber se a doença é causada por vírus, bactéria ou fungo. Até as 10h30 desta segunda-feira, o Hospital Sírio-LIbanês não havia divulgado um novo boletim médico sobre o estado de saúde do ex-presidente.

No domingo, Uip ressaltou que o tratamento contra o câncer de laringe a que o ex-presidente foi submetido entre outubro de 2011 e fevereiro deste ano pode deixar sua saúde frágil. "Num paciente da idade do Lula, que acabou de passar por um tratamento [de câncer] agressivo, qualquer coisa é grave, uma gripe pode ser grave", disse. Outro médico da equipe de Lula, Paulo Hoff, disse ao G1 que a previsão é que o ex-presidente fique internado pelo menos até o próximo final de semana. "Ele está na fase de recuperação [do câncer]. É normal perder peso e a imunidade é afetada."

Dificuldade em engolir

Lula apresenta perda de peso e dificuldade em engolir, segundo sua assessoria. Ele teve febre nos últimos dias e, por isso, os médicos do Sírio-Libanês optaram pela internação.

O remédio que vai ser ministrado a Lula para tratar a infecção é por via oral. No entanto, estando no hospital, o ex-presidente pode receber o antibiótico por via intravenosa, o que não exige deglutição e tem efeito mais rápido, de acordo com sua assessoria.

A entrada de Lula no hospital foi tranquila e ele está sob constante monitoramento, ainda segundo seu assessor. A ex-primeira-dama, dona Marisa Letícia, foi ao hospital mais cedo e deve voltar para acompanhar o ex-presidente durante a noite.

Lula, que luta contra um câncer de laringe diagnosticado em outubro, teve alta do tratamento no próprio Sírio-Libanês no dia 17 de fevereiro. Durante a quimioterapa, exames mostraram que o tumor na laringe do ex-presidente havia sido reduzido em 75%.

veja também