MENU

Meio-fio, o inimigo dos pneus

Meio-fio, o inimigo dos pneus

Atualizado: Terça-feira, 28 Julho de 2009 as 12

Ao estacionar o veículo em locais oblíquos, ou em lombas muito íngremes, temos o hábito de aproximar o pneu até que esse apóie no meio-fio (em algumas cidades é chamado de cordão da calçada), para ter a garantia de que está bem estacionado, ou, no caso das lombas, temendo a falha do freio de estacionamento (freio de mão).

Esse procedimento provoca uma pressão do peso do veículo sobre o pneu, gerando uma deformação na sua estrutura (os pneus são formados por várias camadas além da borracha, entre elas cintas de aço e têxteis). Essa deformação altera a resistência e a uniformidade do pneu, causando um desgaste irregular, afetando também o balanceamento.

Portanto, ao estacionar o veículo de forma oblíqua, procure aproximar ao máximo do meio-fio, porém, sem apoiar-se no mesmo, caso perceba que isso aconteceu, recue alguns centímetros.

Já, ao estacionar em lombas (ladeiras), para ter segurança e evitar acidentes, procure adotar os seguintes procedimentos: Vire os pneus dianteiros na direção do meio-fio, porém, sem encostá-los; Acione o freio de estacionamento (freio de mão); Engate a primeira marcha.

A recomendação permanente para evitar acidentes quando seu veículo estiver estacionado, é manter o freio de estacionamento sempre regulado, pois é ele que garante a segurança de que veículos estacionados não "desçam a ladeira", pois as outras dicas são acessórias.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também