MENU

Mel Gibson deve pagar US$ 15 milhões para garantir a destruição das fitas

Mel Gibson deve pagar US$ 15 milhões para garantir a destruição das fitas

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 4:03

O acordo judicial assinado pelo ator Mel Gibson e sua ex-mulher Oksana Grigorieva soma US$ 15 milhões. Segundo informações do site TMZ, em troca do dinheiro --diluído em pensões, acordos de imagem e herança-, a cantora russa destruiria todas as fitas cassete, os vídeos, e-mails e fotografias --provas da agressão moral e física que ela alega ter sofrido.

Ainda segundo o TMZ, o documento foi assinado em maio, e prevê que ela receba um milhão de dólares quando provar que destruiu as provas.

Além disso, ela receberá uma pensão mensal de US$ 10 mil para ela e outra anual de U$ 50 mil para a filha, pelos próximos 20 anos, a partir de janeiro de 2011.

Mel também terá de arcar com os custos da criação e educação da menina, que tem 11 meses, até o fim da faculdade.

Ainda é pouco, segundo o advogado da ex-mulher, Daniel Horowitz. "Isso subestima o quão vitimizada ela foi. Mel Gibson merecia pagar mais", declarou.

Desde a assinatura do acordo, que ainda não é vigente, Mel e Oskana voltaram diversas vezes ao tribunal para acertar valores de pensão.

A polícia de Los Angeles está investigando Gibson sob suspeita de abuso, e Grigorieva por possível extorsão. Nenhum dos dois foi indiciado. Fitas e agressão

Gibson e a modelo e cantora russa se separaram no início do ano depois do nascimento do bebê do casal. O namoro aconteceu depois que o astro de 'Coração Valente' encerrou seu casamento de 28 anos com a esposa. Gibson continuou em silêncio durante as semanas de publicidade negativa, durante a divulgação das fitas.

'A mídia parece focar na questão sobre se ela extorquiu Mel Gibson', disse o advogado Daniel Horowitz na quarta-feira sobre Grigorieva. Ele chamou a modelo de 'vítima de violência' doméstica. 'Ela foi espancada, ela foi aterrorizada.'

Horowitz negou informações de que Grigorieva teria pedido dinheiro em troca da não liberação das fitas de áudio, ou de fotos dela com um dente lascado que, segundo ela, foi causado por um suposto soco no rosto dado por Gibson.

Mas Horowitz disse que 'qualquer pessoa espancada ou ameaçada tem o direito de documentar isso'.

'Senão, seria Mel Gibson, um dos astros mais admirados do mundo, contra uma mulher sozinha', disse ele.

Horowitz disse que Grigorieva não lucrou com as fitas que vazaram e alegou que ela teria tentado impedir publicidade que poderia prejudicar Gibson.

veja também