MENU

Menino conta como foi abandonado por transporte escolar em estrada

Menino conta como foi abandonado por transporte escolar em estrada

Atualizado: Quinta-feira, 9 Dezembro de 2010 as 8:15

O estudante de 10 anos que foi abandonado em uma rodovia da cidade de Boituva, a 121 km de São Paulo, quando voltava para casa de transporte escolar contou que outros alunos também estavam fazendo bagunça no veículo. Por causa da confusão, o motorista e um professor que acompanhava os estudantes deixaram o menino na rodovia.

A criança havia saído do ensaio de um coral de Natal em uma escola que fica a 3 km de onde ele estuda. A confusão começou logo que as crianças entraram no veículo que faria o transporte.

“Toda hora que passava na lombada todo mundo pulava, daí o professor falava ‘para’. O ônibus parou lá no acostamento, daí eu pensei ‘o que será que aconteceu?’ Daí ele olhou para mim e falou: ‘’Você vai descer, você desce aqui e vai embora daqui até a escola”, contou o estudante.   De acordo com a mãe do garoto, o filho foi deixado em um ponto de ônibus. Ele andou 500 metros na beira da pista, que tem tráfego de veículos pesados intenso. Depois, teve que atravessar a pista e andar mais 2 km pelo bairro.

A mãe foi avisada por outras crianças de que o filho havia sido abandonado. “Ele deixou meu filho para trás, ele não tem noção do que poderia ter acontecido”, disse Patrícia Teixeira de Oliveira.

O motorista do transporte escolar e o professor foram suspensos pela Secretaria de Educação. “Foi uma atitude inadmissível dos dois, podemos até chamar de um ato de irresponsabilidade.”, afirmou o secretário de educação Márcio Pedro Marson. Um processo administrativo disciplinar foi aberto para apurar a conduta dos dois. O caso será apurado também pela polícia.    

veja também