MENU

Meteorologia alerta para risco de novos temporais no oeste e sudeste do Paraná

Meteorologia alerta para risco de novos temporais no oeste e sudeste do Paraná

Atualizado: Quinta-feira, 29 Outubro de 2009 as 12

O serviço de meteorologia do Paraná alerta para a possibilidade da ocorrência hoje (28), de novos temporais nas regiões oeste e sudoeste do estado, onde, na tarde de ontem (27), uma massa de ar quente e úmido formou nuvens de tempestades que não estavam previstas.

O município mais afetado foi Pato Branco, com 500 residências danificadas, quatro delas totalmente destruídas. Segundo o capitão Antonio Hiller, da Defesa Civil, 6 mil pessoas ficaram sem água, energia e transporte.

Fortes ventos acompanhados de chuva de granizo causaram prejuízos que ainda não foram calculados, segundo o prefeito Roberto Viganó. ''A situação está sob controle, não vamos decretar situação de emergência, mas os danos podem ter sido bem maiores do que imaginamos, ainda estamos realizando o levantamento. A prioridade é o atendimento às vítimas. Estamos aceitando doações em caráter de emergência de alimentos e roupas'', disse o prefeito à Agência Brasil.

Segundo ele, o posto de saúde e o Hospital do Câncer foram os mais afetados pelos alagamentos. ''Não temos ainda ideia dos prejuízos com perdas de equipamentos, veículos'', disse. ''Felizmente as perdas são apenas materiais, não há registro de feridos'', completou.

Em Cascavel, 200 pessoas foram afetadas pelas chuvas e pelos ventos fortes. Foram atingidos dois distritos rurais.

Segundo o capitão Antonio Hiller, as chuvas que atingem o Paraná desde o início do mês afetaram 52 municípios. Pelos cálculos da Defesa Civil, 74.981 pessoas foram afetadas, 2.163 ficaram desalojadas e 746, desabrigadas. Além disso, 46 ficaram feridas. O número de casas danificadas chega a 6.718 residências.

Nove municípios decretaram situação de emergência. Em setembro, 16 haviam decretado essa situação por causa da chuva.

veja também