MENU

Metrô de São Paulo entra em greve e inicia paralisação

Metrô de São Paulo entra em greve e inicia paralisação

Atualizado: Quarta-feira, 23 Maio de 2012 as 6:35

O sindicato dos Metroviários de São Paulo aprovou em assembleia na noite desta terça-feira o início da greve por tempo indeterminado desde a 0h desta quarta-feira. Grande parte das linhas estão paralisadas, incluindo 11-Coral e 12-Safira da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). A linha 4-Amarela funciona normalmente, sem restrições.

Tempo real: Acompanhe o trânsito em São Paulo e em mais 16 cidades

Os passageiros encontram portões fechados nesta manhã e se deparam com cartazes nas estações informando sobre a greve. O trajeto entre as linhas Ana Rosa e Luz, da linha azul, operam parcialmente, segundo informações da rádio CBN. Em comunicado, a SPTrans informa que acionou o PAESE (Plano de Apoio entre Empresas de Transporte Frente a Situações de Emergência) para as linhas 11-Coral e 12-Safira da CPTM, desde as 4h desta madrugada. Cada estação está sendo reforçada com frota de 30 ônibus.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que, por conta da paralisação, o Rodízio Municipal de Veículos com placas de final 5 e 6 está suspenso.

De acordo com o sindicato, não será cumprida a decisão da Justiça de São Paulo de manter em funcionamento de 100% da frota nos horários de pico e com 85% da frota nos demais horários. Uma nova assembleia deve ser discutida ainda hoje, às 12h.

Reivindicações

Segundo o sindicato, entre as reivindicações dos funcionários estão aumento real de 14,99%, reajuste de 23,44% para VR e VA de R$ 280,45, equiparação salarial, 36 horas semanais/aumento da escala base, plano de saúde acessível para os aposentados, entre outros. Até então, o Metrô teria proposto reajuste salarial de 4,15%, aumento real de 0,50%, e reajuste de 4,15% para o vale-refeição, vale-alimentação e auxílio-creche.

 


Continue lendo...

veja também