MENU

'Meu filho não devia nada', diz mãe de adolescente morto com 5 tiros

'Meu filho não devia nada', diz mãe de adolescente morto com 5 tiros

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 3:05

Mães do adolescente e da menina mortos a tiros na noite da quarta-feira (6) em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza, dizem que filhos foram assassinados por engano. “Eu acredito que foi engano. Foi engano mesmo. Essas duas crianças morreram inocentes sem dever nada. Meu filho não devia nada”, diz Rosivânia Ferreira, mãe do adolescente de 13 anos. O rapaz foi assassinado por dois homens de moto, com cinco tiros na cabeça e a colega, de 11 anos, com um tiro no peito, quando conversam perto de casa, segundo a polícia.

Rosivânia conta que cruzou com filho na rua minutos antes de ele ser assassinado. Chegou a conversar com ele. Pouco tempo depois ouviu os tiros. “Quando olhei a moto estava parada e um homem em pé atirando sem parar. Corri, mas meu filho já estava morto”, diz.

A mãe da menina de 11, Josineide França, não se conforma com a morte da menina. “Como alguém é tão mau que mata uma criança indefesa?”, questiona Josineide que também acredita que a filha foi morta por engano. Desde a ocorrência do crime, vizinhos têm medo de sair de casa.          

veja também