MENU

MG: Cai o número de denúncias de exploração sexual a crianças e adolescentes no estado

MG: Cai o número de denúncias de exploração sexual a crianças e adolescentes no estado

Atualizado: Quinta-feira, 29 Outubro de 2009 as 12

A campanha social "Proteja Nossas Crianças" acontece pela segunda vez em todo o estado. Essa é uma iniciativa do Governo de Minas Gerais, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) e Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), que denuncia a exploração sexual de crianças e adolescentes. A ligação é gratuita e quem faz a denúncia não precisa se identificar. A pena para os exploradores pode chegar a 12 anos de prisão.

Sabe-se que as crianças e adolescentes são pessoas em condição especial de desenvolvimento e devem receber proteção integral da família, da sociedade e do poder público. Considerando essas necessidades, o Governo de Minas Gerais tem dado grande apoio na tentativa de diminuir a exploração de pessoas nessas condições.

O coordenador da campanha social "Proteja Nossas Crianças", Márcio Macedo, esclarece que a denúncia é fundamental para o descobrimento de casos de exploração sexual infantil e adolescente. "Precisamos denunciar sim, pois assim estaremos contribuindo para um mundo mais humano."

Márcio Macedo ainda explica que, assim que a pessoa denuncia, através do telefone 0800 31 11 19, é fornecido um número de protocolo a ela e o caso é repassado para o Conselho Tutelar e, posteriormente, para o Ministério Público.

"De janeiro a setembro de 2008 foram realizadas 228 denúncias de prática de violência sexual de crianças e adolescentes contra 144 este ano. Isso é bom, pois mostra que houve uma diminuição no número de casos", comenta o coordenador.

Segundo Márcio Macedo, a exploração infantil e de adolescentes está entre as principais formas de criminalidade nessa faixa etária, mas ainda não ultrapassou as violências física e psicológica e os atos de abandono.

O desenvolvimento dessa campanha também conta com a ajuda do Serviço de Enfrentamento à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

veja também