MENU

Michelle diz a aluna brasileira que "gostou muito" da capoeira

Michelle diz a aluna brasileira que "gostou muito" da capoeira

Atualizado: Sábado, 19 Março de 2011 as 4:51

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, disse neste sábado (19) à estudante Raquel Helen Santos que “gostou muito” da apresentação de capoeira executada pelo grupo Raízes do Brasil. A apresentação fez parte da agenda cultural montada pela Embaixada dos Estados Unidos para a visita de Michelle Obama ao Brasil.

A primeira-dama bateu palmas ao som do berimbau do grupo de capoeira e sorriu bastante durante a apresentação. Segundo Raquel Helen, estudante de Relações Internacionais que participou em 2008 do programa Jovens Embaixadores, promovido pela embaixada dos Estados Unidos, Michelle Obama disse que “era a primeira vez que via a uma apresentação de capoeira ao vivo e que gostou muito”.

Em alguns momentos, Michelle Obama chegou a esboçar certa apreensão pela proximidade dos capoeiristas, que executaram os movimentos em um pequeno palco. Durante a apresentação, Michelle Obama também fez comentários para as filhas.

Segundo a estudante Raquel Helen, Michelle também elogiou seu discurso em que disse que perdeu os pais muito cedo e que por isso sempre valorizou a educação como uma forma de melhorar a vida. “Aprendi a transformar os sonhos em realidade mesmo quando as situações não eram favoráveis”, disse a estudante.

Michelle Obama também demonstrou estar gostando da apresentação do grupo de percussão Batalá, formado apenas mulheres. Ela sorriu bastante e acompanhou com palmas o grupo. Ao final das apresentações, ela cumprimentou um por um os integrantes dos grupos de percussão e capoeira e tirou uma foto com eles.

No discurso, Michelle incentivou os estudantes brasileiros presentes ao evento a viajar e estudar e falou da ocasião em que recebeu alguns deles na Casa Branca. "No ano passado, eu tive a oportunidade de receber alguns alunos na Casa Branca. Foi uma boa conversa, descontraída, os alunos não eram nada tímidos", disse Michelle.

Todos os anos, a Embaixada dos Estados Unidos, por meio do programa Jovens Embaixadores, seleciona jovens de baixa renda para passar três semanas nos Estados Unidos, hospedados em casas de famílias americanas, assistindo aulas em escolas de ensino médio americanas e fazendo apresentações sobre o Brasil para os colegas norte-americanos. Jovens que participaram das últimas edições do programa estiveram com Michelle neste sábado.

Segundo Michelle, ela e os estudantes "compartiram histórias" durante o encontro ocorrido em 2010 no Estados Unidos. "Vocês me visitaram, estiveram na minha vizinhança. E agora eu estou aqui, na sua vizinhança", disse a primeira-dama aos estudantes.

Um dos principais temas do discurso da primeira-dama foi sobre a importância da educação. Michelle disse durante o discurso que, assim como seu marido, o presidente Barack Obama, teve uma infância com algumas dificuldades, mas que, graças a educação, chegaram onde estão hoje. Ela afirmou ainda que o bem mais importante que sua mãe lhe concedeu foi a educação.

veja também