Milhares de romeiros lembram morte de Padre Donizetti no interior

Milhares de romeiros lembram morte de Padre Donizetti no interior

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 8:21

Cerca de 30 mil romeiros participaram neste domingo (19) de uma missa especial e de uma marcha da fé em Tambaú, a 255 km de São Paulo, para lembrar os 50 anos da morte do Padre Donizetti. O sacerdote é considerado santo por fiéis. Ônibus de romeiros foram recebidos na entrada da cidade por voluntários. Às 4h, o Santuário Nossa Senhora Aparecida estava lotado para a primeira missa.

No dia anterior, a celebração teve bênção especial para homenagear quem carrega o nome Donizetti. “Foi o padre Donizetti que abençoou o casamento dos meus pais”, disse o autônomo Márcio Donizetti Contiero. “Em 15 anos de casamento, meus pais não tinham filhos. E com a graça do Padre Donizetti estou aqui”, disse a dona de casa Beatriz Donizetti de Andrade de Sordi.

A missa que atraiu maior público, em frente ao cemitério onde o padre foi enterrado, foi celebrada pelo arcebispo metropolitano de São Paulo, cardeal dom Odilo Pedro Scherer.

Padre Donizetti Tavares de Lima foi sacerdote em Tambaú de 1954 até morrer, em 1961. Ele já foi reconhecido "servo de Deus" pelo Vaticano. Um processo de beatificação é analisado em Roma. “Fica à espera de um sinal do Céu, de um milagre obtido pela intercessão do venerável Donizetti”, disse o cardeal dom Odilo Pedro Scherer.          

veja também