MENU

Militantes tucanos fazem paródia de Dilma e Lula no centro de SP

Militantes tucanos fazem paródia de Dilma e Lula no centro de SP

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 4:20

Um grupo de militantes do PSDB apresentou hoje um peça teatral que faz uma paródia da candidata à Presdiência Dilma Rousseff (PT) e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A peça, batizada de "Arraial da Vilma do chefe", conta a história do casamento de Vilma e Zé Tudo Meu, uma referência ao ex-ministro José Dirceu. A cerimônia fictícia foi celebrada pelo Rei Mulla, uma representação do presidente. A exibição ocorreu na hora do almoço em frente ao Teatro Municial, no centro da capital paulista.

Os padrinhos do casamento das personagens Vilma e Zé Tudo Meu foram Berenice Guela e seu filho Ismael Guela, referências à ex-ministra Erenigue Guerra e seu filho Israel, e Mano Saquinho e Martaxa, referências ao candidatos ao Senado na chapa petista, o vereador Netinho de Paula e a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy.

Como cenário, foram montadas na calçada barracas decoradas com capas da revista "Veja" e dos jornais "Folha de S.Paulo" e "O Estado de S.Paulo" que traziam em destaque denúncias contra o governo Lula, a candidatura de Dilma, além das acusações de corrupção na Casa Civil. Nas barracas, eram vendidos algodão doce e pipoca a R$ 0,10. Uma caixa de som também foi levada ao local para chamar ainda mais a atenção dos transeuntes.

Cerca de 200 pessoas que circulavam na região assistiram à exibição, de acordo com a organização. "A ideia é fazer uma manifestção de caráter humorístico sobre uma coisa séria", explicou o estudante de administração Elias Tavares, líder do PSDB jovem e um dos responsáveis pelo ato. Segundo Tavares, foi a primeira vez que o grupo interpretou a peça. "Pretendemos fazer de novo na próxima semana em Guarulhos ou Campinas (Grande São Paulo), ainda estamos decidindo", disse.

veja também